Wednesday, 6 June 2012

BRENDA LEE - October 1961 - Harold Nicholas


Companhia Brasileira de Discos pressed Decca records in Brazil would soon be bought by Dutch Philips put an add at Sao Paulo newspapers in 1960 when Brenda Lee was granted a 'Chico Viola' trophy for the great sales of 'I'm sorry' that was included among the 30 best selling singles of the year.


BRENDA LEE EM SÃO PAULO  -  OUTUBRO 1961  

6 OUTUBRO 1961 – 6a. – I Salão da Criança no Ibirapuera. “No Ibirapuera tem patinação, tem a bicharada, muita diversão!”

17 Outubro 1961 – 3a. -  Brenda Lee chegou ontem de Buenos Aires. 2ª edição:  1ª página: Brenda Lee ficará só dois dias em São Paulo: vai filmar com Cantinflas.  (notícia do filme com Cantinflas dada por Ricardo Amaral, nunca foi confirmada).
AFOBADISSIMA, nervosíssima, Brenda Lee passou suas primeiras horas em São Paulo num corre-corre incessante.  Desembarcou às 12:30 no Aeroporto Internacional de Viracopos, em companhia de sua mãe. Chegou ao Othon Palace Hotel às 15:30, evitando os fotógrafos e encaminhando às pressas aos seus aposentos.  Ali ficou apenas o tempo suficiente para deixar as malas e, tomando um taxi, foi ao cabeleireiro Raymond, na Aclimação.  Três horas e meia foi o quanto gastou para se pentear, indagando a todo momento se faltava muito para terminar. Em seguida, retornou ao hotel, deu autógrafos para 4 colegiais que a esperavam no saguão, posou para o fotógrafo de Ultima Hora e subiu rapidamente para seu apartamento [902], localizado no 9º andar.

Aclimação hair-dresser Raymond gave young Brenda Lee the works having taken 3 hours doing her hair. By looks of Brenda's face it looks like she approved the VIP treatment. 


No Othon Palace, Brenda Lee negou-se a conceder entrevista – alegou que estava terminantemente proibida por seu empresário – “Além disso – afirmou – ainda preciso fazer muitas coisas:  mudar de roupa, telefonar para meu “manager” e preparar-me para o espetáculo de logo mais.  Desculpem-me mas não é possível.  Quando muito posso dizer duas palavras aos senhores na portaria, depois de pronta.  Falem comigo daqui a 10 minutos, lá embaixo”.   Entretanto os 10 minutos foram 2 horas, após as quais Brenda Lee desceu  - correndo novamente – entrou num carro e dirigiu-se a toda pressa para o Teatro Record, pois já estava “em cima da hora” para apresentar-se no show.


Anúncio pago da Radio e TV Record: Novamente em São Paulo a sensacional BRENDA LEE – estrelando a revista-musical “Alô, alô Juventude” , somente dias 17 e 18 de Outubro de 1961 – 2 sessões diárias às 17:00 e 21:00, no Teatro Record

18 OUTUBRO 1961 – 4a. – BRENDA LEE sucesso absoluto no Teatro Record.  Cantando seus maiores sucessos, “Jambalaya”, “Dynamite”, “Sweet nothins”, “Dum dum”, “Emotion” , “I’m sorry” e muitas outras melodias sob calorosos aplausos do publico que lotava totalmente o Teatro Record para vê-la na revista “Alô, alô Juventude”, da qual participam artistas, balê e orquestra da Radio e TV Record.

Coluna do Ricardo Amaral:  Quando minha amiguinha Brenda Lee veio em 1959 para o Brasil, todo mundo levou a menina meio na piada:  uma garotinha engraçadinha de 13 anos, que canta.  Mas, acontece que passaram 2 anos e a meninota, nem caiu, nem se manteve no mesmo padrão:  subiu e muito.  Hoje, Brenda é artista “caixa-alta” mesmo, fazendo-se presente em todas as paradas de sucesso dos EUA e merecendo os melhores elogios da crítica internacional – não como uma “menina prodígio” mas como uma cantora de verdade. Saiu na capa de “Variety”, a revista mais importante do “show-business”, o que vem a provar seu valor.

Brenda Lee in São Paulo in 1961. 
Brenda Lee & Fabian around that time... 


23 a 29 de OUTUBRO 1961 – o Rei do Chá-chá-chá – HAROLD NICHOLAS no Teatro Record às 21 horas.   Cantor colored norte-americano vive atualmente na Europa, e casou-se com uma francesa loira.
Harold Nicholas in his Hollywood days.

see Fayard Nicholas and his younger brother Harold Nicholas as the Nicholas Brothers in 1943's 'Stormy weather': http://www.youtube.com/watch?v=_8yGGtVKrD8



listen to Harold Nicholas singing in French: http://www.youtube.com/watch?v=Rgz1cZXxrK4


Harold Nicholas recorded for France's Barclay and had a mixed repertoire. Here he sings 'Desafinado' accompanied by Os Bossa Nova. God only knows who the combo were. 


Harold's greatest hit in Brazil was 'Las secretarias'.


Presente nesta gravação uma das figuras mais destacadas dentro das fronteiras da Europa, muito embora seu país de origem seja a America do Norte. Vem numa escalada segura e bonita pela estrada da arte, até chegar a este ponto atual quando a crítica mundial o aponta como um cantor de personalidade própria e uma figura a quem o público aplaude com prazer. Um crítico de Paris reuniu a sua vida nesse acróstico que tentamos traduzir e adaptar em poucas linhas:

H ábitos. Um desde os 12 anos. Nunca dormiu antes das 3 horas da manhã.

A ntecedentes: seu pai era baterista e sua mãe pianista, tendo a sua própria orquestra. Harold começou a dancar com apenas 7 anos, ao lado de seu irmão mais velho Fayard. O número dos Nicholas Brothers saind do Cotton Club do Harlem, em New York deu volta ao mundo.

R elembra com prazer seu primeiro disco gravado na Itália, e em italiano. Este é seu 1o. disco lançado no Brasil, onde tem a oportunidade de demonstrar toda sua imensa versatilidade, interpretando vários gêneros musicais em 4 idiomas: inglês, italiano, francês e espanhol.

O riginalidade. Calça sapatos 35, mas só compra sapatos de mulher, com salto baixo, evidentemente.

L azeres: gosta de tennis, natação, equitação e golfe. Gosta de passear em Marly, Saint Cloud e Saint Germain.

D esejos: viver em Paris como um parisiense.


N utrição: não faz regime especial para seus 53 kg., mas ao contrário da maioria dos artistas não sabe entrar em cena de estômago vazio. Gosta de laranjas e grelhados variados regados à Coca Cola, pois só bebe whiskey 2 vezes ao ano: no Natal e em seu aniversário.

I ncidências: sendo seu avô um famoso alfaiate italiano, adora os ternos bem cortados. Tem cêrca de 14 malas para transportar seu guarda-roupa quando viaja.

C asamento: quem manda nele é uma francesa loira de olhos azuis chamada Eliane que conheceu no Marrocos e se tornou sua espôsa. Eles moram em Ternes. O grande prazer de Nicholas é ficar até o dia clarear batendo papo com os amigos nos variados night-clubs de Paris. Fuma dois maços e meio de cigarros por dia. E todas as noites costuma dançar pelo menos 4 horas.

H erdeiro: tem 5 meses e o nome de Melih. O padrinho do garoto é um amigo turco de Istambul. A babá é uma madrilenha para que desde cedo Melih se acostume com o espanhol. No futuro, aprenderá com os pais, a falar o italiano, francês e inglês... e ainda um pouco de gíria (argot), é claro.

O bjeções: tem horror ao 'escargot' e aos pratos muito sólidos ou que ficam de um dia para o outro.

L eituras: obras inglesas sobre dança, romances policiais norte-americanos e as histórias-de-quadrinhos dos jornais franceses.

A migos:  Count Basie, com o qual fez uma tournée de um ano; Fred Astaire, que o admira profundamente; Gene Kelly, com quem trabalhou no filme 'Os piratas'; seus companheiros de programas em revistas musicadas; Jacques Pills, Jacqueline François e Renée Lebas, esta última que o incentivou a gravar em francês; Caterina Valente, que é madrinha de seu filho e, finalmente, Dorothy Dandridge que foi sua primeira esposa.

S uperstições: não tem nenhuma.

É com prazer, portanto, que lhes apresento HAROLD NICHOLAS, novo ídolo da França, nesta gravação: uma apresentação ao é da letra.

tradução e adaptação de Fernando Lôbo.

1. Las secretarias
2. Trumpet cha cha
3. I wish you love (Que restè til de nous amours?)
4. A San Cristina
5. Smoke gets in your eyes
6. Guarda che luna

1. Arrivederci
2. Over the rainbow
3. Trianon cha cha
4. Yo tengo una muñeca
5. On the sunny side of the street
6. Tua

veja documentário sobre Nicholas Brothers: http://www.youtube.com/watch?v=S8jyFF7x-Vc

Harold Nicholas & Dorothy Dandridge get married in September 1942. 
Dorothy & Harold much later in Scandinavia; they divorced in 1951.
Renée Lebas, cantora francesa, incentivou Harold Nicholas a cantar em francês. 

5 comments:

  1. Carlus, Estou a Procura deste Album a Anos, gostaria se possivel a liberação de um link para esta postagen,agradeço pela atenção,obrigado

    ReplyDelete
  2. Olá, Adilson, qual ALBUM v. se refere? O do Harold Nicholas ou o da René Lebas. Seja qual for, EU não tenho nenhum deles. V. teria que procurar no Mercado Livre ou em sebos de grandes cidades. Espero que tenhas sorte. Obrigado pela visita.

    ReplyDelete
  3. Carlus,fico agradecido por sua gentileza,mas eu consegui atraves de um amigo de Blog,é muito gratificante para a gente,saber que tem amigos do outro lado de uma tela,um abraço e obrigado.

    ReplyDelete
  4. Carlus,fico agradecido por sua gentileza,mas eu consegui atraves de um amigo de Blog,é muito gratificante para a gente,saber que tem amigos do outro lado de uma tela,um abraço e obrigado.

    ReplyDelete
    Replies
    1. ainda bem que v. conseguiu o LP procurado, Adilson Caetano Coelho. Eu gosto da Internet justamente por causa disso... há muita gente boa por ai. Parabéns pela conquista.

      Delete